Cronograma de estudos para a prova do CPA-20; Como montar o seu e ser aprovado

Hoje iremos dar algumas dicas para ajudar quem pretende realizar o exame do CPA-20, da ANBIMA. Como qualquer certificado, não é tão simples de ser aprovado e precisa de muita dedicação e esforço. Dessa forma, é extremamente importante a criação de um plano de estudos, e é em dicas em relação a isso que iremos focar neste post.

 

No primeiro momento, é importante ler o edital da prova para se ter mais noção de como ela funciona. O que iremos adiantar hoje, é que no edital, conseguimos ver os temas que caem, e a porcentagem de questões relacionadas a cada um desses temas.

Como a prova é dividida:

  • conceitos básicos de economia, finanças e estatística: 5 a 10%;
  • fundos de investimentos: 16 a 25%;
  • outros produtos de investimentos – 17 a 25%;
  • tributação: 5 a 10%;
  • órgãos de regulação, autorregulação, fiscalização e participantes do mercado: 5 a 10%;
  • compliance legal, ética e análise do perfil de investidor: 10 a 20%;
  • mensuração, gestão de performance e risco: 17 a 25%.

 

Começar a organizar seu plano de estudos:

Após saber como funciona a divisão das questões do exame, está na hora de começar a montar o plano de estudos em si.

É muito importante colocar esse plano numa folha de papel, ou uma planilha, que sem dúvidas será mais fácil de seguir.

Comece estabelecendo horários certos para estudo, além de separar como serão divididos os conteúdos que você irá estudar até a realização da prova. 

 

Fazer simulados durante todo o percurso:

É muito importante, além de estudar as matérias que são cobradas, fazer exercícios durante toda a sua rotina de estudos, com o intuito de ficar cada vez mais familiarizado com os tipos de questões que costumam cair. A ANBIMA não libera suas provas antigas, mas com uma rápida pesquisa, você encontra simulados com questões baseadas na prova na internet. 

É interessante inserir a realização desses simulados no seu cronograma também, de 15 em 15 dias, ou uma vez por semana, por exemplo.

 

Escolha de um método de estudos:

Além de estipular um cronograma de estudos, é importante também definir um método que você irá utilizar, e seguir ele.

Existem diversas formas de estudar. Escolha uma que você se dá melhor e que se ajuste mais ao seu perfil e limitações de tempo no dia a dia.

 

Agora que você já sabe como montar seu cronograma de estudos, é necessário que você o leve a sério. Comece a colocar ele em prática o quanto antes para quando realmente for realizar o teste, você esteja realmente preparado e seja aprovado.

 

Para mais informações sobre esse e outros certificados necessários para se trabalhar no mercado de investimento, baixe aqui o nosso E-book “Passo a Passo para o sucesso com a sua certificação financeira” e visite a nossa plataforma: http://cpa.querosercertificado.com/page/